“O mistério do mundo é o visível, não o invisível.” – Oscar Wilde

Esta exposição é o resultado da dedicação ao exercício da profissão. Fato presente nesse conjunto de peças inéditas, criadas e manualmente executadas ao longo de 2012, por Leo Capote, dono de um caráter investigativo e multidisciplinar.
Utilizando-se de materiais inusitados do cotidiano – porcas de parafusos – o designer recriou cadeiras ícones do design nórdico, e deu origem a essa coleção de moveis aqui apresentada. Seu trabalho é repleto de pluralidade e inquietação; criando sempre sem pausas e sem regras, mas com o objetivo de estabelecer um forte dialogo com a escultura.
Leo Capote nasceu em São Paulo, cidade onde vive e trabalha.